Artigo

Armie Hammer: Favorito aos Óscares abandona redes sociais após artigo polémico

Armie Hammer apagou a sua conta no Twitter algumas horas após a publicação de um artigo brutal sobre a sua carreira em Hollywood e gabou-se que a vida está muito melhor por sair do "ambiente tóxico".

Armie Hammer apagou esta semana a sua conta no Twitter algumas horas após um artigo brutal do BuzzFeed sobre a sua carreira em Hollywood e gabou-se que o divórcio foi realmente "fácil".

O ator, conhecido por filmes como "A Rede Social" e "O Agente da U.N.C.L.E., é considerado um favorito às nomeações para os Óscares graças a "Chama-me Pelo Teu Nome", mas revelou que a saída da rede social neste momento importante da carreira se deveu a uma ausência de "controlo de impulso".

"Simplesmente não tenho controlo de impulso. Portanto, se alguém diz alguma coisa estúpida, não consigo evitar responder alguma coisa e depois basicamente explode.", revelou durante uma sessão de perguntas e respostas que se seguiu ao visionamento do seu mais recente filme.

"Este é um ambiente tóxico e a minha vida está muito melhor. É bastante engraçado, as pessoas são tão viciadas e envolvidas no Twitter, parece uma loucura que alguém posso afastar-se daquilo. Ficam tipo, esperem, ele APAGOU? Na verdade foi bastante fácil", acrescentou.

Há poucas semanas, o ator já tinha manifestado o seu incómodo por se ter tornado viral uma resposta que deu ao ator James Woods após este comparar a pedofilia a diferença de idades entre os dois protagonistas de "Chama-me Pelo Teu Nome": "Não namorou com uma rapariga de 19 quando tinha 60?"

Agora, a decisão foi precipitada pela publicação no domingo do artigo "10 Long Years of Trying to Make Armie Hammer Happen" [10 longos anos de tentar tornar Armie Hammer uma estrela, em tradução livre do sentido], que tinha como subtítulo "Ninguém em Hollywood tem segundas oportunidades como o homem heterossexual branco".

Ver artigo completo

Comentários