Artigo

Adele oferece ajuda às vítimas do incêndio em Londres

A cantora visitou o edifício Grenfell, em Londres.

Adele visitou o edifício Grenfell, uma torre com 24 andares e 120 apartamentos, onde viviam entre 400 e 600 pessoas, e que ardeu na madrugada de quarta-feira. O incêndio causou 17 mortes de centenas e feridos, segundo as autoridades britânicas.

A cantora visitou o local no dia seguinte e, segundo a BBC, ofereceu ajuda às famílias afetadas pela tragédia. Adele, que esteve sempre acompanhada pelo marido, conversou com alguns dos moradores.

Segundo a revista Billboard, a visita da cantora britânica de 29 anos foi discreta. Nas redes sociais, vários fãs elogiaram a artista.

O incêndio de grandes dimensões deflagrou na torre Grenfell, numa zona próxima de Notting Hill. Três famílias de portugueses e mais dois portugueses residiam no prédio e duas crianças portuguesas estão internadas, mas livres de perigo, na sequência do incêndio.

Comentários