Artigo

Anselmo Ralph e Ana Joyce destacam capacidades criativas de Miguel Buila

Os músicos Anselmo Ralph e Ana Joyce destacaram, nesta quarta-feira, em Luanda, o talento e a capacidade criativa nas composições do artista gospel angolano Miguel Buila.

Os cantores fizeram esta apreciação durante o acto de apresentação oficial da terceira obra discográfica do autor, “Deus me consola”, que será levada ao público nos dias 2  e 3 de Dezembro, na Praça da Independência e Casa da Juventude em Viana, em Luanda.

Segundo Anselmo Ralph, é uma honra poder representar o Miguel Buila pelo facto de, para além de ser um exemplo e símbolo de superação, ser um músico dotado de muito talento a compor e a cantar, fundamentalmente por trazer, através da música, o que vive, que é a palavra de Deus.

Para si, o álbum veio em boa altura para ajudar na conversão daqueles que ainda não têm conexão com Deus.

Por sua vez a cantora Ana Joyce apontou a música gospel como uma forma de espalhar o evangelho sem ser pela leitura e vindo de uma voz “belíssima” como a do Miguel Buila.

A cantora parabenizou o músico pela grande conquista, independentemente das dificuldades que passa.

Miguel Buila

Para o Frei Maxmiliano, a obra discográfica traz temas fortes para reflexão, atendendo que as pessoas ainda têm que se libertar de muito passado que os oprime e a música gospel levanta os ânimos, ajuda a ter esperança, confiança da presença de Deus que está para consolar e fortalecer.

Já a coordenadora da responsabilidade social do Banco Económico, Ktyana Mil Homens, disse que apostaram no cantor enquanto pessoa e artista, mas fundamentalmente na sua história de superação que pelo facto de, apesar das limitações físicas, conseguiu dar largos passos aos seus propósitos.

Disse que deve se olhar para a música gospel não apenas em momentos de aflição mas a todo instante, pois dá luz para as pessoas acreditarem que podem ser mais e melhores.

O músico tem no mercado, entre outros, os discos “Renovar” e é autor dos temas “No Nosso Mundo”, “Minha Vocação”, “Espírito Santo”, “Nzola Yaye”, “C’est Toi”e “São Pedro”.

Miguel Cristóvão Buila, nascido em 1984, autor do “Renova”, é dono de um timbre inconfundível, considerado, uma das vozes mais sonantes do gospel feito em Angola.

Comentários