Artigo

Rapper Nelly está preso por acusação de violação

O rapper norte-americano Nelly foi detido por violação no passado sábado, no estado de Washington, uma acusação classificada pelo seu advogado como "completamente inventada".

Pouco antes das 4h00 locais), a Polícia de Auburn - cidade na periferia de Seattle - recebeu um telefonema de uma mulher que disse ter sido violada pelo músico, segundo um comunicado.

A Polícia investigou o autocarro usado por Nelly na sua digressão, onde a agressão sexual teria acontecido.

Depois das primeiras investigações, a Polícia prendeu o rapper, detido de forma preventiva numa instituição penitenciária de Des Moines, localidade muito próxima de Auburn.

"Nelly é vítima de acusações totalmente inventadas", disse à AFP o seu advogado, Scott Rosenblum.

"A nossa investigação inicial estabelece claramente que essas acusações não têm credibilidade alguma e estão motivadas pela ganância e pelo rancor" da mulher, de acordo com uma declaração por escrito.

Nelly considera a possibilidade de processar a mulher, disse Rosenblum.

Comentários