Artigo

Jéssica Pitbull: " Sei fazer Kuduro e espero que respeitem-me como sou”

O Sapo Angola esteve com Jéssica Pitbull para uma entrevista exclusiva, onde a mesma falou sobre o seu percurso, algumas polémicas e a vida pessoal, tendo acabado por confessar que luta há sete anos para alcançar os seus objectivos.

Questionada sobre quais foram as suas dificuldades para entrar no difícil mundo da música, a artista esclareceu que andou durante muitos anos atrás de oportunidades para se tornar conhecida.

“Eu não tinha o nome artístico de Jéssica Pitbull. Eu era a Jéssica do Abuso e troquei porque senti que as minhas batalhas me tornaram mais fortes. Eu também faço Kuduro há muitos anos e já estou na batalha há sete anos para concretizar os meus sonhos", declarou Jéssica, acrescentando que gostaria de receber mais respeito por parte das suas colegas. "Já provei que sei fazer Kuduro e espero que respeitem-me como sou”.

A cantora, ao ritmo do seu estilo de Kuduro, tem dado que falar nas redes sociais pelas suas abordagens polémicas.

Questionada sobre quais foram as suas dificuldades para entrar no difícil mundo da música, a artista esclareceu que andou durante muitos anos atrás de oportunidades para se tornar conhecida.

“Eu não tinha o nome artístico de Jéssica Pitbull. Eu era a Jéssica do Abuso e troquei porque senti que as minhas batalhas me tornaram mais fortes. Eu também faço Kuduro há muitos anos e já estou na batalha há sete anos para concretizar os meus sonhos", declarou Jéssica, acrescentando que gostaria de receber mais respeito por parte das suas colegas. "Já provei que sei fazer Kuduro e espero que respeitem-me como sou”.

A cantora, ao ritmo do seu estilo de Kuduro, tem dado que falar nas redes sociais pelas suas abordagens polémicas.

Comentários