Artigo

Depois de demitir apresentador acusado de assédio, NBC aposta em dupla feminina

Uma mulher vai substituir o famoso apresentador de televisão dos Estados Unidos Matt Lauer, demitido depois de ser acusado de abuso sexual, informou esta terça-feira, 2 de janeiro, a rede NBC News.

Hoda Kotb, que substituiu Lauer desde a sua saída, em novembro, após uma série de denúncias de "conduta sexual inapropriada", será oficialmente a apresentadora do programa das manhãs "The Today Show" juntamente com Savannah Guthrie, que acompanhava Lauer.

"Deve ser a decisão mais popular que a NBC News já tomou", disse Guthrie na sua conta do Twitter.

Kotb, uma egípcio-americana de 53 anos, é uma premiada jornalista que se juntou à NBC em 1998 como correspondente e que se tornou apresentadora de uma secção do programa do canal.

A decisão de ter duas mulheres rompe com a típica formação de um casal como apresentadores de programas de notícias, e ocorre num momento em que uma grande quantidade de importantes figuras masculinas dos meios de comunicação e da política foram demitidas ou pediram demissão após denúncias generalizadas de mau comportamento sexual.

Lauer, de 60 anos, foi um dos principais afetados pela onda de acusações, que tem sacudido há meses os Estados Unidos.

Com um salário anual de 25 milhões de dólares, Lauer entrevistou quatro dos últimos presidentes norte-americanos em exercício e noticiou alguns dos eventos mais importantes do mundo durante mais de duas décadas, incluindo vários Jogos Olímpicos e os atentados de 11 de setembro de 2001.

A notícia da sua substituição por uma mulher foi divulgada um dia antes de Tina Smith tomar posse como senadora do Minnesota, substituindo o ex-comediante Al Franken, que renunciou depois de várias mulheres o terem acusado de conduta sexual inapropriada.

Artigo do parceiro

T.D. / AFP

Comentários