Já em 1993,
«Dragão: A Vida de Bruce Lee» levara ao cinema, com a aprovação da família, a vida do célebre
Bruce Lee, que faleceu em 1973, aos 32 anos. Agora, de acordo com a «Variety», os familiares do intérprete voltarão a recordá-lo com uma trilogia de filmes em preparação com a produtora chinesa J.A. Media, cuja rodagem começará já em Outubro.

O realizador do projecto ainda não foi divulgado, embora o nome de
Zhang Yimou tenha sido considerado, até pelas vezes em que o realizador de
«Herói» assumiu que gostaria de adaptar a vida de Lee ao cinema. Até à data, o único actor confirmado é
Tony Leung Ka-Fai, no papel do pai do actor.

Robert Lee, irmão de
Bruce Lee, disse na apresentação do projecto à imprensa que queria dar uma visão rigorosa da vida do protagonista de
«O Dragão Ataca», sublinhando que «lemos muitos livros e vimos muitos filmes sobre a vida de
Bruce Lee, mas há neles imensas imprecisões».

O primeiro filme terá um orçamento de 50 milhões de ienes (mais de cinco milhões de euros) e deverá estrear a 20 de Novembro de 2010, no 70º aniversário do nascimento de Lee.

Bruce Lee é o maior emblema das artes marciais do século XX, que popularizou numa série de fitas de acção de Hong Kong dos anos 70, que culminou no seu filme mais mítico, já produzido nos EUA,
«O Dragão Ataca», de 1973. Infelizmente, Lee faleceu antes da estreia da película, com um edema cerebral resultante de uma reacção a um analgésico, embora as teorias da conspiração em volta do seu falecimento ainda hoje se façam sentir.

Desde então houve vários filmes baratos a explorar a vida de Lee, nomeadamente com um actor que se auto-denominava
Bruce Li.
«Dragão: A Vida de Bruce Lee», protagonizado por
Jason Scott Lee, foi o mais importante «biopic» do actor até à data.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.