O ator Tom Hanks e sua esposa, Rita Wilson, que estão em quarentena num hospital australiano depois de serem diagnosticados com o novo coronavírus, pediram esta sexta-feira que todos sigam as recomendações dos especialistas.

Numa mensagem nas redes sociais, o casal afirma que vive este período "dia a dia" e agradeceu a "todos aqueles que, aqui na Austrália, estão a tratar tão bem de nós".

"Nós temos COVID-19 e estamos em isolamento, por isso não transmitimos a mais ninguém", afirmou o ator, que estava na Austrália em preparação para a rodagem de um filme sobre Elvis Presley.

"Para alguns quem pode originar uma doença muito grave", recordou Tom Hanks, que incluiu na mensagem uma fotografia na qual o casal parece tranquilo.

"Há coisas que todos podemos fazer para enfrentar isto, seguindo as recomendações dos especialistas e cuidando de nós mesmos e dos outros, não?", escreveu.

"Lembrem-se, apesar de todos os eventos atuais, não se chora no beisebol", completou, em referência a uma frase do filme "A League of Their Own" ("Liga de Mulheres", em Portugal), no qual interpreta um treinador de beisebol.

Tom Hanks, 63 anos, foi a primeira estrela de Hollywood a anunciar que contraiu o novo coronavírus.

Hanks e Rita Wilson estão em isolamento no Hospital Universitário de Gold Coast, cidade da costa leste da Austrália.

Mais informações sobre o COVID-19.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.