Tom Cruise estará a montar uma "povoação" improvisada numa base militar abandonada da RAF (a Força Aérea Real) em Oxfordshire que funcionará como uma "bolha" protegida contra a COVID-19 onde todos os atores e a equipa possam viver durante a rodagem de "Missão Impossível 7".

No final de fevereiro, a produção teve de ser suspensa a menos de uma semana de começar em Veneza, um dos epicentros da pandemia, e passar para a Grã-Bretanha, onde acabou por ser interrompida indefinidamente. A estreia nos cinemas acabou por ser adiada de julho para novembro de 2021.

Uma fonte disse ao jornal britânico The Sun que "o filme já foi bastante atrasado e não há sinal de que tão cedo as coisas voltem totalmente ao normal, portanto esta é uma maneira de tentar colocar as coisas a funcionar e a andar outra vez com rapidez e segurança".

A pesar na decisão também estará o facto de ser difícil conseguir alojamentos para todos porque os hotéis na região estarão encerrados nos tempos mais próximos: "era isto ou adiar ainda mais, o que significa que algumas das maiores estrelas de cinema do mundo vão morar juntas num acampamento fino enquanto trabalham com o resto da equipa".

A solução "é cara, mas o Tom faz sempre as coisas maiores e melhores do que qualquer pessoa e há muita coisa a depender deste filme, todos são gigantescos sucessos de bilheteira e o estúdio também apoia voltar a colocar isto a andar", acrescentou a fonte.

Na terça-feira (2), um assistente de realização mostrou-se bastante otimista sobre o regresso ao trabalho após a divulgação dos novos protocolos de segurança para as rodagens por parte da Comissão de Cinema Britânica, que descreveu como "excelentes".

“Esperamos recomeçar em setembro, esperamos visitar todos os países que planeámos e fazer uma grande parte dele na Grã-Bretanha, em estúdio e à volta, portanto setembro até ao final de abril/maio é o nosso objetivo. Estamos convencidos que conseguimos", explicou no programa Today da BBC.

Simon Pegg, que interpreta Benji Dunn, também confirmou o plano à publicação Variety, que começará com as cenas de exteriores e todas as precauções, brincando que as cenas de luta teriam de ser feitas com os atores separados por "metro e meio".

Realizados por Christopher McQuarrie, os próximos dois filmes "Missão Impossível", sétimo e oitavo, serão os últimos da saga e filmados de seguida.

Além de Tom Cruise e Simon Pegg, estão confirmados no elenco Vanessa Kirby, Ving Rhames, Hayley Atwell, Pom Klementieff, Shea Whigham e Henry Czerny.

A enfrentar o agente Ethan Hunt (Cruise) estará Esai Morales, que substitui Nicholas Hoult: a paragem forçada por causa da pandemia terá criado uma sobreposição de compromissos na agenda do britânico.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.