"Era Uma Vez em... Hollywood" foi o grande vencedor dos Critics’ Choice Awards, entregues no domingo à noite em Santa Mónica, confirmando o estatuto como um dos favoritos na temporada dos prémios uma semana após vencer nos Globos de Ouro.

Foram quatro os prémios para o filme de Quentin Tarantino: Melhor Filme, Ator Secundário (Brad Pitt), Argumento Original (Tarantino) e Design de Produção.

Derrotado em quase toda a linha foi "O Irlandês": o filme de Martin Scorsese para a Netflix liderava com 14 nomeações e apenas venceu a categoria de Melhor Elenco.

Normalmente alinhados com os gostos do grande público, os Critics’ Choice Awards são votados pela Broadcast Film Critics Association, a maior organização de críticos de televisão, de rádio e de meios online dos Estados Unidos e do Canadá. Nos últimos anos, mais de 70% dos vencedores receberam Óscares e na categoria de Melhor Filme, as escolhas coincidiram 13 das últimas 19 vezes.

Após o Globo de Ouro de Melhor Filme (Drama) e Realização, o épico da Primeira Guerra Mundial "1917" foi o segundo grande premiado, vencendo Melhor Realização para Sam Mendes, empatado com o coreano Bong Joon-ho ("Parasitas", que também venceu Filme Estrangeiro), Fotografia e Montagem.

Não houve surpresas nos prémios dos atores: além de Brad Pitt, Joaquin Phoenix ("Joker"), Renée Zellweger ("Judy") e Laura Dern ("Marriage Story") repetiram os prémios que ganharam nos Globos.

VEJA AS ESTRELAS NA PASSADEIRA AZUL.

"Toy Story 4" foi votada a Melhor Animação, "Vingadores: Endgame" o Melhor Filme de Ação, "Chamem-me Dolemite" (da Netflix) a Melhor Comédia e "Nós" o Melhor em Ficção Científica ou Terror.

Nas categorias televisivas, destacaram-se outra vez "Fleabag" (Comédia) e "Succession" (Drama), respetivamente da Amazon Primee HBO, mas também a Netflix saiu-se melhor do que nos filmes, com seis prémios entre "When They See Us" (Melhor Minissérie), "El Camino: A Breaking Bad Movie" (telefilmes) e "BoJack Horseman" (Animação), além de Toni Collette como secundária em "Unbelievable"

Destaque ainda para Eddie Murphy, estrela de "Chamem-me Dolemite", que ao receber o prémio pela carreira aos 58 anos deixou um conselho sábio: "Interpretei tudo: polícia, ladrão, médico, diferentes etnicidades, animais. Fui um burro ["Shrek"]. Até uma vez fui uma nave espacial ["Pequeno Grande Dave"]. Quando jovens atores vêm ter comigo na rua e dizem 'Tem algum conselho?', digo-lhes 'Nunca interpretem uma nave espacial'".

OS PRÉMIOS

CINEMA

FILME: "Era Uma Vez em... Hollywood"

ATOR: Joaquin Phoenix ("Joker")

ATRIZ: Renée Zellweger ("Judy")

ATOR SECUNDÁRIO: Brad Pitt ("Era Uma Vez em... Hollywood")

ATRIZ SECUNDÁRIA: Laura Dern ("Marriage Story")

ELENCO: "O Irlandês"

REALIZAÇÃO: empate entre Sam Mendes ("1917") e Bong Joon-ho ("Parasitas")

ARGUMENTO ORIGINAL: "Era Uma Vez em... Hollywood"

ARGUMENTO ADAPTADO: "Mulherzinhas"

ANIMAÇÃO: "Toy Story 4"

FILME DE AÇÃO: "Vingadores: Endgame"

COMÉDIA: "Chamem-me Dolemite"

FICÇÃO CIENTÍFICA OU TERROR: "Nós"

FILME ESTRANGEIRO: "Parasitas" (Coreia do Sul)

JOVEM ATOR/ATRIZ: Roman Griffin Davis ("Jojo Rabbit")

DESIGN DE PRODUÇÃO: "Era Uma Vez em... Hollywood"

FOTOGRAFIA: "1917"

MONTAGEM: "1917"

GUARDA-ROUPA: "Chamem-me Dolemite"

CARACTERIZAÇÃO: "Bombshell: O Escândalo"

EFEITOS VISUAIS: "Vingadores: Endgame"

BANDA SONORA: "Joker"

MELHOR CANÇÃO: empate entre "Glasgow (No Place Like Home)" (de "Wild Rose") e "(I'm Gonna) Love Me Again" ("Rocketman")

TELEVISÃO

Succession

DRAMA: "Succession"

ATOR EM DRAMA: Jeremy Strong ("Succession")

ATRIZ EM DRAMA: Regina King ("Watchmen")

ATOR SECUNDÁRIO EM DRAMA: Billy Crudup ("The Morning Show")

ATRIZ SECUNDÁRIA: Jean Smart ("Watchmen")

COMÉDIA: "Fleabag"

ATOR EM COMÉDIA: Bill Hader ("Barry");

ATRIZ EM COMÉDIA: Phoebe Waller-Bridge ("Fleabag")

ATOR SECUNDÁRIO EM COMÉDIA: Andrew Scott ("Fleabag")

ATRIZ SECUNDÁRIA EM COMÉDIA: Alex Borstein ("The Marvelous Mrs. Maisel");

MINISSÉRIE: "When They See Us"

TELEFILME: "El Camino: A Breaking Bad Movie"

ANIMAÇÃO: "BoJack Horseman"

ATOR EM MINISSÉRIE ou TELEFILME: Jharrel Jerome ("When They See Us as Korey Wise")

ATRIZ EM MINISSÉRIE ou TELEFILME: Michelle Williams ("Fosse/Verdon")

ATOR SECUNDÁRIO EM MINISSÉRIE ou TELEFILME: Stellan Skarsgård ("Chernobyl")

ATRIZ SECUNDÁRIA EM MINISSÉRIE ou TELEFILME: Toni Collette ("Unbelievable")

ESPECIAL DE COMÉDIA: "Live in Front of a Studio Audience: Norman Lear’s All in the Family and The Jeffersons"

TALK SHOW: empate entre "The Late Late Show with James Corden" e "Late Night with Seth Meyers"

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.