Era grande a expectativa sobre o que vai acontecer no seu Universo Cinematográfico e a Marvel não desiludiu com o anúncio das novidades pós-"Vingadores: Endgame" durante a Comic-Con de San Diego, a maior convenção da cultura popular do mundo.

O estúdio encaixou finalmente os títulos nas datas de estreia que já se conheciam há muito tempo, marcados pela diversidade e ainda pela expansão para o serviço de streaming Disney +.

Viúva Negra

A quarta fase do Universo arranca a 1 de maio de 2020 com a chegada do filme que já se sabia estar em rodagem deste o final de maio e até setembro: "Viúva Negra" finalmente irá colocar Scarlett Johansson no centro da história, explorando as histórias de Natasha Romanoff.

Realizado pela australiana Cate Shortland, a história andará à volta de eventos pós-"Capitão América: Guerra Civil" mas também o seu passado em Budapeste. No elenco estarão Florence Pugh (como Yelena Belova, que mantém com Natasha uma relação volátil como uma espécie de irmã), David Harbour (Alexi), Rachel Weisz (Melina Vostokoff/Iron Maiden), e O.T. Fagbenle (Mason), que se juntaram a Scarlett Johansson na apresewntação oficial na Comic-Con.

Os fãs presentes no maior pavilhão de San-Diego tiveram direito a já ver algumas imagens do filme e uma montagem deste com outros do Universo Cinematográfico. Houve ainda um primeiro olhar sobre outro dos vilões, Taskmaster (mas não quem o interpreta) e é possível ter uma ideia graças à imagem partilhada nas redes sociais por um dos artistas responsáveis pelo design.

The Falcon and the Winter Soldier

O Universo expande-se para o streaming do Disney + em agosto de 2020 com esta minissérie de seis episódios realizada por Kari Skogland que junta o Falcão (Anthony Mackie, que se apresentou na Comic-Con com o escudo do Capitão América) e o Soldado de Inverno (Sebastian Stan)

A história vai decorrer após os acontecimentos de "Vingadores: Endgame" e as personagens vão enfrentar novamente Helmut Zemo (Daniel Brühl), que não era visto desde "Capitão América: Guerra Civil" e enviou uma ameaçadora mensagem em vídeo (não divulgada pela Marvel).

Eternals

O segundo filme da Marvel chega aos cinemas a 6 de novembro de 2020 e representará, segundo Kevin Feige, presidente do estúdio, "algo completamente novo e diferente para o Universo Cinematográfico Marvel".

Em rodagem desde este mês e realização de Chloé Zhao, grande parte do elenco diversificado desta aventura galática com um grupo de imortais já era conhecido por causa das fugas de informação mas juntou-se oficialmente pela primeira vez na Comic-Con: Angelina Jolie (Thena), Richard Madden (Ikaris), Kumail Nanjiani (Kingo), Lauren Ridloff (Makkari, a primeira heroína surda), Brian Tyree Henry (Phastos), Salma Hayek (Ajak), Lia McHugh (Sprite), Don Lee (Gilgamesh).

Shang-Chi and the Legend of the Ten Rings

A aposta na diversidade continuará com este filme que estreia a 12 de fevereiro de 2021 e representará para os espectadores asiáticos o mesmo que "Black Panther" representou para os de origem negra.

O realizador será o havaiano Destin Daniel Cretton (do aclamado "Temporário 12"), que apresentou o principal protagonista, confirmado há menos de uma semana: o canadiano de origem chinesa e duplo Simu Liu, que não esteve acompanhado dos outros atores confirmados, Awkwafina (num papel não divulgado) e o lendário Tony Leung (como o Mandarim).

Wandavision

Na primavera de 2021, o serviço de streaming Disney + terá a estreia da segunda minissérie, com Elizabeth Olsen e Paul Bettany a regressarem como Wanda Maximoff /Feiticeira Escarlate e Visão.

Os protagonistas estiveram na Comic-Con e prometeram muitas surpresas e revelações para as suas personagens.

A eles juntou-se Teyonah Parris ("Se Esta Rua Falasse"), que vai interpretar a versão adulta de Monica Rambeau, vista pela última vez em "Capitão Marvel", como a jovem filha de Maria (Lashana Lynch), piloto e melhor amiga da heroína.

Kevin Feige partilhou que a história desta minissérie decorre após "Vingadores: Endgame" e será importante para o filme do Universo Cinematográfico que se segue, a sequela de "Doutor Estranho".

Loki

Ainda na primavera de 2021, Tom Hiddleston regressa para "Loki", que vai mostrar o que andou a personagem a aprontar após ficar com uma das joias do infinito durante "Vingadores: Endgame", na versão da personagem (como vilão) em "Os Vingadores" (2012).

Presente na convenção, o ator descreveu o projeto como "uma das mais entusiasmantes oportunidades criativas" que encontrou na sua carreira, mas guardou para si os segredos que lhe foram contados por Kevin Feige.

Doctor Strange in the Multiverse of Madness

Após "Shang-Chi and the Legend of the Ten Rings" em fevereiro de 2021, chega a 7 de maio a sequela do "Doutor Estranho" (2016), que se chamará, em tradução literal, "Doutor Estranho no Multiverso da Loucura".

Além de Benedict Cumberbatch, regressa o realizador Scott Derrickson, que partilhou com os fãs que não queria fazer "outra sequela".

O que vem aí, promete, é uma entrada pelos territórios do gótico e do terror da banda desenhada e por um género que o tornará "o primeiro filme assustador do Universo Cinematográfico Marvel". Mas com nada que não possa ser visto pelo seu público: Kevin Feige prometeu que será "PG-13" ou seja, para adolescentes.

Cumberbatch apresentou-se na Comic-Con com direito a um "feliz aniversário" dos fãs (festejou os 43 anos a 19 de julho), surgindo a seguir Elizabeth Olsen, que fará a ligação com a minissérie "WandaVision", mas não Chiwetel Ejiofor, confirmado como o vilão Mordo.

What If?

A prometida primeira série de animação a sair dos Estúdios Marvel chega ao Disney + no verão de 2021 e o conceito é pegar em ideias e histórias isoladas das bandas desenhadas para entrar por outras ramificações.

Até agora, está confirmado o envolvimento de Chris Hemsworth, Samuel L. Jackson, Mark Ruffalo, Jeremy renner, Paul Rudd, Tom Hiddleston, Sebastian Stan, Josh Brolin, Michael B. Jordan, Hayley Atwell, Chadwick Boseman, Karen Gillan, Michael Douglas, Neal McDonough, Dominic Cooper, Sean Gunn, Natalie Portman, David Dastmalchian, Stanley Tucci, Taika Waititi, Toby Jones, Djimon Hounsou, Jeff Goldblum, Michael Rooker e Chris Sullivan.

À volta deles estará um novo ator a fazer a estreia pelos mundos da Marvel: Jeffrey Wright como o The Watcher, que na Comic-Con confirmou que funcionará como uma espécie de observador/narrador.

Hawkeye

No outono de 2021 chega esta série que, como o título indica, se centrará na personagem de Clint Barton e do Gavião interpretado por Jeremy Renner.

O ator partilhou com os fãs o seu entusiasmo por mostrar outras facetas da personagem, que descreveu como "um super-herói sem super poderes".

Sem revelar detalhes sobre as histórias, acrescentou que "tenho a oportunidade de ensinar alguém a ser um super-herói sem super poderes [...] algo incrível para partilhar com as pessoas porque isso significa que todos podem ser um super-herói". A personagem a quem passará o legado será Kate Bishop, mas, a este tempo de distância, não foi anunciada qual será a atriz.

Thor: Love and Thunder

Não é "Black Panther 2" nem "Guardiões da Galáxia, Vol. 3": o último filme da quarta fase do Universo Cinematográfico será a sequela de "Thor: Ragnarok" e encaixa na data de 5 de novembro de 2021.

Regressam o realizador Taika Waititi e a dupla formada por Chris Hemsworth e Tessa Thompson, que confirmou na Comic-Con o estatuto LGBTQ de Valquíria.

No entanto, a grande surpresa é que a reinvenção de Jane Foster como a Thor mulher, seguindo a história da banda desenhada da autoria de Jason Aaron: Natalie Portman a receber o martelo Mjolnir das mãos do realizador no principal palco de San Diego foi um dos grandes momentos da convenção.

Vem aí Blade

Um filme sobre Eric Brooks / Blade, meio humano e meio vampiro, foi a grande novidade dos "projetos em desenvolvimento" na Marvel e terá como protagonista Mahershala Ali, que foi apresentado na Comic-Con. Sem data de estreia e muito provavelmente para a quinta fase do Universo Cinematográfico.

Curiosamente, foi o vencedor de dois Óscares a contactar o estúdio com a proposta para uma nova abordagem da personagem; o ator já tinha sido Cornell "Cottonmouth" Stokes na primeira temporada da série "Luke Cage" que a Marvel fez para a Netflix.

O novo filme irá relançar Blade, ignorando os três que foram feitos entre 1998 e 2004 por outros estúdios com Wesley Snipes, que há vários anos vinha manifestando interesse em retomar a personagem.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.