«Dark Shadows» é uma série televisiva que gerou um certo fenómeno de culto nos EUA. Exibida entre 1966 e 1971, cinco dias por semana (num registo semelhante ao das telenovelas, mas invulgar nos EUA), tinha muito elementos de terror gótico, com cenários espectaculares, argumentos imaginativos e a presença de vampiros, lobisomens, monstros, feiticeiros e viagens no tempo.

A série, criada por
Dan Curtis, conquistou inúmeros fãs, e dois dos mais ardentes foram, sem surpresa,
Tim Burton e
Johnny Depp, confessando este último uma imensa obsessão na infância em tornar-se a personagem mais célebre de «Dark Shadows», o vampiro Barnabas Collins. Não surpreende por isso que seja esse o papel que lhe vai caber na adaptação cinematográfica que Burton está a preparar, e cuja produção começará após o término de
«Alice in Wonderland».

Além da dificuldade de condensar num filme o essencial dos cerca de 1.200 episódios da série, há outras questões complexas de resolver na adaptação: «Vai ser um grande desafio por tratar-se de uma série tão estranha», confessou Burton à MTV. «Parte da energia dela vinha do seu tom e da sua estranheza. O nosso desafio vai ser tentar captar isso».

O argumento está a ser escrito por
John August, que assinou os de outros filmes de Burton como
«O Grande Peixe»,
«A Noiva Cadáver» e
«Charlie e a Fábrica de Chocolate». Depp já considerou que este projecto, para ele, é «o sonho de uma vida inteira».

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.