A antestreia aconteceu na Casa de Cultural Angola-Brasil, diante da imprensa, investidores, equipa técnica e convidados.

Além das salas de cinema, o filme será exibido também nas plataformas online e televisão.

O documentário, uma longa-metragem de 1 hora e 40 minutos, narra a história de um rapaz “Jaimito” de 13 anos que teve de viver com os tios após a morte dos seus progenitores.Aí, Jaimito foi obrigado adoptar uma nova realidade de vida, num contexto diferente a que sempre esteve habituado.

“Chaduka” (um nome fictício), é um drama familiar de superação que o cinema angolano necessita, devido as situações menos abonatórias que acontecem no seio das famílias angolanas, sobretudo, neste últimos anos.

Produzido em Luanda, o filme contou com a participação de actores como Erica Chissapa, Raúl de Rosário, Leonel Pereira, Lumone Zaide, Leonardo Muhongo e Carlos de Carvalho.

"Chaduka” deriva de um projecto cinematográfico denominado “Crissar da Project”, que funciona como uma incubadora.

Trata-se do primeiro filme do projecto “Crissar da Project”, cujo objectivo é despertar os artistas angolanos para que explorem melhor o universo cinematográfico.

Ngouabi Silva nasceu na província de Luanda em 1977,  é autor, realizador, desenhador, guionista, realizador e designer.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.