"The Conjuring 2 - A Evocação" está rapidamente a ser retirado das salas de cinema em França.

Na sequela do perturbante filme de terror de 2013, cujo sucesso internacional já ultrapassou (em Portugal, foi visto por mais de 106 mil pessoas), Ed e Lorraine Warren (Patrick Wilson e Vera Farmiga investigam um fenómeno paranormal a norte de Londres que envolve uma mãe solteira que cria quatro crianças numa casa assombrada por espíritos maliciosos.

No país de hexágono a estreia foi a 29 de junho e o jornal Le Parisien, citado pelo The Guardian, relata que a maioria das 262 salas onde estava em exibição começaram a retirá-lo depois de vários incidentes com espectadores.

Em alguns cinemas na área de Paris, a exibição foi cancelada logo no dia de estreia, para "garantir a segurança dos funcionários e dos clientes".

Um dos casos citados foi o de uma discussão evoluiu para confrontos quando um grupo de espectadores começou a perturbar outro por "gritar ao mais pequeno movimento" no ecrã. Quando os funcionários recusaram intervir, outros espectadores decidiram agir.

Já uma das maiores cadeias de salas, a UGC, tinha decidido não exibir o filme por uma "decisão editorial" de cortar nos filmes de géneros muito específicos.

Em 2014, foi retirado em França outro filme de terror, "Annabelle", um filme inspirado na personagem da perturbante boneca que aparecia precisamente no primeiro "The Conjuring - A Evocação". Tal como agora, por "motivos de segurança".

"Atividade Paranormal" (2007) e "Sinister - Entidade do Mal" (2012) foram outros títulos que originaram distúrbios entre os espectadores no mesmo país.

Trailer "The Conjuring 2".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.