O que têm em comum Madonna, Michael Fassbender, Monica Bellucci ou Éric Cantona? São estrelas mundiais que se apaixonaram por Portugal e decidiram fixar-se por cá.

Sem tanto mediatismo, Oreo, o guaxinim que serviu de modelo de inspiração para o popular Rocket Racoon nos filmes da Marvel "Guardiões da Galáxia", é a mais recente estrela a viver no nosso país.

Oreo vive na Quinta Layla, perto da Aldeia de João Pires, no concelho de Penamacor. Foi ali que se instalaram em julho John e Sally Bent, um casal de britânicos que tem uma empresa em Inglaterra que fornece animais para filmes e vários eventos.

O nome da empresa não deixa lugar a dúvidas sobre quem é a grande estrela da companhia: "Oreo and Friends" [Oreo e Amigos, em tradução livre].

Nos dois filmes delirantes de James Gunn, o popular Rocket Racoon ganha vida graças à técnica de "motion capture" feita com a interpretação física de Sean Gunn (irmão do realizador) e a voz de Bradley Cooper. Mas foi com Oreo que tudo começou.

"'Guardiões da Galáxia' foi rodado em Inglaterra, nos Shepperton Studios. Eles precisavam de encontrar um guaxinim domesticado que fosse cooperativo ao ser estudado, filmado e desenhado, e que pudesse aparecer na passadeira vermelha da antestreia europeia", explicou ao SAPO Mag John Bent.

Ao contrário do que acontece com outros animais, o Oreo não teve um treino específico para entrar no mundo do cinema.

"Como todos os nossos animais, o Oreo sempre teve muita interação com humanos e também com outros animais. Nunca foi treinado, mas, como todos os guaxinins, ele é muito inteligente, curioso e ansioso por aprender. Nunca treinamos os nossos animais para fazer truques, mas passamos muito tempo com eles para termos a certeza que são domesticados, amigáveis e confortáveis em diferentes ambientes", esclarece.

E reforça sobre o "feitio" do guaxinim que acolheram com apenas alguns dias e tiveram de alimentar com biberão quando a mãe não conseguiu produzir leite: "O Oreo é muito bem comportado e amigável e habituado a estar com muita gente, tendo trabalhado em muitos ambientes diferentes".

Quando a Marvel decidiu que "precisavam de fazer a personagem do Rocket Raccoon o 'mais guaxinim possível'", ele tornou-se o parceiro perfeito para ajudar a concretizar a missão.

"O Oreo foi desenhado por mais de 250 animadores e filmado a fazer várias coisas, tais como abrir caixas, as suas reações a diferentes coisas, familiares ou não, do toque ao barulho e paladar. Eles estudaram todos os seus movimentos em detalhe. Filmaram-no seco e molhado (ele não se importava de ser encharcado)", recorda John Bent.

Além disso, para que o realizador James Gunn se familiarizasse com Oreo e no fim se tornassem um par tão popular na passadeira vermelha da antestreia do primeiro filme em Londres no verão de 2014, os dois estiveram juntos não só nos estúdios, mas também na casa do cineasta e na de John e Sally.

Passado esse período mais intenso, Oreo, agora com nove anos, está a "apreciar muito a vida" em Portugal.

"Vive com um guaxinim mais novo chamado Stanley num local seguro onde pode escalar, brincar e explorar", salienta John Bent.

John e Sally também já trabalharam com guaxinins para a BBC e com tarântulas para as versões britânica e irlandesa do programa "Top Model", com uma raposa vermelha numa curta-metragem e com suricatas e guaxinins em sessões fotográficas para capas de livros.

Suricatas - Quinta Layla
Suricatas na Quinta Layla

Na Quinta Layla, com Oreo e Stanley, moram também suricatas, tatus, vários cães e uma doninha.

A estadia dos animais não será temporária: "Estamos a renovar a Quinta Layla como um lar para nós e alguns dos nossos animais. Esperamos retribuir a Portugal pela sua hospitalidade, permitindo as visitas das crianças das escolas locais e do orfanato ou podemos levar certos animais ao seu encontro. E também participar em eventos em Penamacor."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.