Um estudo da Piedmont Media Research indica que "The Hunger Games: A Revolta - Parte 2" regista o nível mais elevado de expectativa para ser visto nas salas de cinema alguma vez registado pela empresa norte-americana.

O filme, que estreia em Portugal a 19 de novembro e conclui, ao fim de quatro filmes, uma saga que começou em 2012, conseguiu uma classificação de 514 em 1000 junto dos potenciais espectadores.

Curiosamente, "Star Wars: O Despertar da Força", provavelmente um dos filmes mais aguardados de sempre por trazer de regresso Harrison Ford, Mark Hamill e Carrie Fisher, ficou-se pelos 495 na escala.

"Vingadores: A Era de Ultron" conseguiu 509 e rendeu mais de mil e quatrocentos milhões de dólares a nível global, pelo que este valor do "episódio 7" está longe de ser motivo para alarme: é o terceiro alguma vez registado pela empresa de estudos de mercado. Os analistas acreditam que o filme realizado por J.J. Abrams que será mesmo o mais rentável de 2015.

O estudo foi efetuado junto de três mil espectadores e levou em conta os elementos demográficos, distinguindo-se assim do sistema de análise de Hollywood que está na base das estimativas do que os filmes vão render nas salas e que tem sido colocado em causa nos últimos meses por não antecipar os resultados mais fracos do que o esperado por parte de filmes como"Quarteto Fantástico" ou "Exterminador: Genisys".

O estudo da Piedmont coloca ainda entre os títulos mais aguardados a animação "Hotel Transylvania 2" (313 na escala), que estreia no nosso país a 10 de dezembro, e "007 - Spectre" (282), que  chega a 5 de novembro.

"Pan: Viagem à Terra do Nunca", um filme com Hugh Jackman que custou 150 milhões de dólares e estreia por cá já a 15 de outubro, ficou-se pelos 205 e os analistas antecipam problemas. Poderá ainda ser prejudicado pelas más críticas que está a receber.

"The Hunger Games: A Revolta - Parte 2" estreia em Portugal a 19 de novembro e "Star Wars: O Despertar da Força" a 17 de dezembro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.