Já se falava de um filme durante a exibição da série, mas foi preciso coordenar agendas e esperar mais quatro anos após o fim da produção para se tornar uma realidade.

O filme "Downton Abbey" está quase a estrear nos cinemas e o regresso ao convívio com a família Crawley e os seus criados será em 1927, com a visita do rei Jorge V.

Regressam os atores Hugh Bonneville, Elizabeth McGovern, Maggie Smith, Jim Carter, Laura Carmichael, Brendan Coyle, Michelle Dockery, Kevin Doyle, Matthew Goode, Joanne Froggatt, Penelope Wilton, Harry Hadden-Paton, Robert James-Collier, Allen Leech, Phyllis Logan, Sophie McShera e Lesley Nicol.

As novidades são Imelda Staunton, Geraldine James, Simon Jones, David Haig, Tuppence Middleton, Kate Phillips e Stephen Campbell Moore.

As primeiras críticas ao novo "Downton Abbey" são mornas, mas existe um certo consenso positivo: quem não esteja familiarizado com as seis temporadas da série vai ter dificuldade em perceber as dinâmicas de uma história que recompensa a dedicação dos fãs, uma espécie de "Vingadores" em que os super-heróis são a aristocracia britânica e os seus empregados.

Agora depende desses fãs em todo o mundo e da "justiça das bilheteiras" a possibilidade de não ficar por aqui: segundo o produtor do filme, existe um "plano" para a sequela.

"Precisamos que o filme corra bem. Se correr mesmo bem e os fãs votarem com a sua presença. O desafio que temos é que as pessoas à volta do mundo têm estado habituadas a ver na televisão, mas precisamos que saiam e comprem um bilhete e vejam-no nos cinemas", explicou Gareth Neame ao Digital Spy durante a antestreia mundial esta segunda-feira à noite em Londres.

Este elemento ligado ao filme acrescentou que estão a filtrar ideias e espera que este não seja um caso em que as pessoas pensem que "Downton Abbey" só sirva para a televisão.

O criador e argumentista da série Julian Fellowes acrescentou que têm "ideias muito soltas" para a sequela, no sentido em que não é necessário partir do zero e sabem em que direção é que a história tem de seguir.

E reforçou que depende tudo da receção que o filme tiver nas bilheteiras: "se os espectadores gostarem o suficiente, então pode haver outro. Se não gostarem, então não haverá".

"Downton Abbey" estreia a 19 de setembro em Portugal.

VEJA O TRAILER LEGENDADO.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.