A comédia "Pai Há Só Um... Ou Dois" juntou-os pela primeira vez, como "pai e filho", mas agora Mel Gibson e Mark Wahlberg preparam dois projetos ainda de maior impacto para trabalharem em conjunto.

Segundo o The Wrap, Mel Gibson quer que Mark Wahlberg tenha um papel importante no seu próximo filme como realizador, "Destroyer".

Tal como no seu último trabalho, "O Herói de Hacksaw Ridge", baseia-se numa história verídica e também da Segunda Guerra Mundial: a do "destroyer" USS Laffey (DD-724), um navio que aguentou 22 ataques kamikae japoneses durante a batalha de Okinawa em abril de 1945, recebendo a alcunha "o navio que se recusava a morrer".

Sem estar ligado a qualquer grande estúdio por enquanto, a intenção é começar a rodagem no outono, o que significa que avança antes da sequela de "A Paixão de Cristo", outra intenção de Mel Gibson.

O segundo projeto deverá juntá-los apenas como atores: Mel Gibson está interessando num papel em "The Six Billion Dollar Man", a adaptação de uma popular série da década de 70 que tornou Lee Majors uma estrela.

A história centra-se em Steve Austin (Wahlberg), que entra para um programa secreto do governo após um acidente o ter deixado quase à beira da morte. Tecnologia de ponta conseguiu mantê-lo vivo e com novos "poderes", tornando-o verdadeiramente o primeiro "homem biónico".

A rodagem começa no verão para chegar aos cinemas a 31 de maio de 2019 e será o primeiro projeto americano do argentino Damián Szifron, que escreveu e realizou o popular "Relatos Selvagens" (2014), nomeado para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.