Numa cidade encantadora da Riviera italiana, um rapaz vive um verão inesquecível, com todos os condimentos típicos da vivência transalpina, que vão de andar de scooter até comer pasta, partilhando todas as aventuras com o seu melhor amigo, que esconde um enorme segredo: ele é um monstro marinho que vem de outro mundo, abaixo da superfície da água.

“Luca” marca a estreia na realização de longas-metragens do genovês Enrico Casarosa, que trabalhou em vários filmes da Pixar nos últimos 15 anos e que foi em 2012 nomeado ao Óscar pela primeira curta-metragem que assinou como realizador, “La Luna”.

“Esta é uma historia profundamente pessoal para mim, não só porque se passa na Riviera Italiana, onde eu cresci, mas porque no centro deste filme está uma celebração da amizade. As amizades de infância muitas vezes definem o curso daquilo que queremos ser e são esses laços que estão no coração da nossa historia em “Luca””, afirmou Casarosa em comunicado.

“Portanto, além da beleza e do encanto da beira-mar italiana, o nosso filme vai apresentar uma inesquecível aventura de verão que vai transformar Luca de forma fundamental”, acrescentou.

“Luca” tem estreia nos EUA agendada para 10 de junho de 2021. “Soul”, o próximo filme da Pixar, teve estreia inicialmente agendada para junho mas foi adiado em consequência da pandemia para 19 de novembro de 2020.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.