Robert Pattinson não conseguiu esconder de Christopher Nolan que estava na corrida para ser o novo Batman no cinema quando os dois estavam a fazer o filme "Tenet".

O ator era um dos dois finalistas para "The Batman", juntamente com o compatriota Nicholas Hoult, que foi o Hank McCoy/Beast nos filmes "X-Men" e também entrou em "Mad Max: Estrada da Fúria".

A estrela dos filmes "Twilight" era a favorita de Matt Reeves, o realizador a quem foi confiado o projeto, mas o estúdio estava indeciso e por se tratar de uma decisão de enorme importância dentro do Universo Cinematográfico DC Comics, exigiu que se fizessem novamente testes aos dois atores.

Este processo decorreu em maio de 2019, precisamente o primeiro mês de rodagem de "Tenet".

Robert Pattinson precisou de uma desculpa para se ausentar rapidamente e ir fazer o teste, mas não convenceu Christopher Nolan, o realizador que triunfou em Hollywood precisamente com a trilogia "O Cavaleiro das Trevas" protagonizada por Christian Bale.

"É engraçado porque o Chris é tão reservado sobre tudo o que tem a ver com seus filmes. E então eu tinha de ser realmente reservado sobre as coisas do Batman. Portanto, tive que mentir ao Chris sobre ter de ir fazer um teste - disse que tinha uma emergência familiar", explicou ao jornal The Irish Times.

"E assim que eu disse 'É uma emergência familiar', ele disse 'Estás a fazer o teste do Batman, não é?'", recordou.

Christopher Nolan na rodagem de "Tenet"

Segundo a imprensa especializada, o teste realizou-se a 30 de maio e no dia seguinte, uma sexta-feira, vazou a informação que era o eleito para ser o novo Batman no cinema.

Após vários adiamentos por causa do COVID-19, "Tenet" será o primeiro "blockbuster" de 2020 a chegar aos cinemas. Acompanhando o lançamento noutros países, a estreia em Portugal está anunciada para quarta-feira, 26 de agosto.

VEJA O TRAILER DE "TENET".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.