Os gangsters envelhecidos que Scorsese juntou na produção da Netflix "O Irlandês" estão mesmo na corrida aos Óscares, conquistando o seu primeiro prémio de Melhor Filme nos EUA, atribuído pelo National Board of Review (NBR).

Quentin Tarantino pela realização de "Era Uma Vez... em Hollywood" e os atores Adam Sandler, Renée Zellweger, Brad Pitt e Kathy Bates também estão entre os distinguidos pela mais antiga organização norte-americana a distribuir prémios anuais de cinema (foi fundada em 1909) e formada por cerca de 110 membros selecionados, que incluem cineastas, académicos e estudiosos da área de Nova Iorque.

No ano passado, o Melhor Filme do NBR foi "Green Book - Um Guia Para a Vida", que conquistaria o Óscar, mas as suas escolhas nem sempre alinham com as estatuetas douradas pois antes disso a última vez fora com "Quem Quer ser Bilionário", em 2008.

Também não costumam coincidir em muitas das outras categorias: no ano passado falharam todos os vencedores de interpretação, embora os atores tenham sido nomeados.

Apesar disso, é muito relevante a lista do seu TOP 10: com exceção de 2017, em que deixou de fora "A Forma da Água", desde 2004 que inclui o filme que acaba por triunfar nos Óscares.

Por isso, a omissão de "Joker" é um forte golpe na campanha: além de "O Irlandês", a lista dos melhores de 2019 juntou "Dolemite is My Name" (realizado por Craig Brewer) e "Marriage Story" (Noah Baumbach), ambas também da Netflix, e "1917" (Sam Mendes), "Le Mans '66: O Duelo" (James Mangold), "Jojo Rabbit" (Taika Waititi), "Knives Out: Todos São Suspeitos" (Rian Johnson), "Era Uma Vez... em Hollywood" (Quentin Tarantino), "O Caso de Richard Jewell" (Clint Eastwood), "Uncut Gems" (irmãos Safdie) e "Waves" (Trey Edward Shults).

Eis a lista completa dos melhores de 2019 segundo a National Board of Review:

Melhor Filme: "O Irlandês"

Melhor Realizador: Quentin Tarantino por "Era Uma Vez... em Hollywood"

Melhor Ator: Adam Sandler por "Uncut Gems"

Melhor Atriz: Renée Zellweger por "Judy"

Melhor Ator Secundário: Brad Pitt por "Era Uma Vez... em Hollywood"

Melhor Atriz Secundária: Kathy Bates por "O Caso de Richard Jewell"

Melhor Argumento Original: "Uncut Gems"

Melhor Argumento Adaptado: "O Irlandês"

Melhor Longa-Metragem de Animação: "Como Treinares o Teu Dragão: O Mundo Secreto"

Ator Revelação: Paul Walter Hauser por "O Caso de Richard Jewell"

Melhor Estreia na Realização: Melina Matsoukas por "Queen & Slim"

Melhor Filme em Língua Estrangeira: "Parasitas" (Coreia do Sul)

Melhor Documentário: "Maiden"

Melhor Elenco: "Knives Out: Todos São Suspeitos"

Prémio NBR Freedom de Liberdade de Expressão: "For Sama" e "Just Mercy"

Distinção em Fotografia (prémio especial): Roger Deakins ("1917")

Prémio NBR Ícones (prémio especial): Martin Scorsese, Robert De Niro, Al Pacino

Top 5 de Filmes de Língua Estrangeira: "Atlantics" (França, Senegal), "A Vida Invisível" (Brasil), "Dor e Glória" (Espanha), "Portrait de la jeune fille en feu" (França, Itália) e "Transit" (Alemanha, França)

Top 5 de Documentários: "American Factory", "Apollo 11", "The Black Godfather", "Rolling Thunder Revue: A Bob Dylan Story by Martin Scorsese", "Wrestle"

Top 10 Filmes Independentes: "A Despedida", "Give Me Liberty", "Uma Vida Escondida", "Judy", "The Last Black Man in San Francisco", "Midsommar - O Ritual", "The Nightingale, "O Falcão Manteiga de Amendoim, "The Souvenir, "Wild Rose".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.