James Earl Jones é o único ator do clássico de animação de 1994 "O Rei Leão" que regressou para a nova versão, mas a sua ausência de toda a campanha de promoção foi bastante notada e está a preocupar alguns fãs.

Com uma das vozes mais famosas da história da Sétima Arte (onde se destaca inevitavelmente o "empréstimo" a Darth Vader na saga "Star Wars"), o ator de 88 anos voltou a ser Mufasa, o pai de Simba.

O regresso foi bastante saudado pelos admiradores do primeiro filme, mas tem sido bastante notada a ausência do ator das imagens recentemente divulgadas em que o elenco surge à frente das suas personagens.

Além disso, não deu entrevistas nem apareceu na antestreia mundial na terça-feira.

Com os rumores à volta do estado de saúde a crescerem e para evitar mais preocupações, o realizador do novo filme justificou a ausência com a distância e o grande desgaste à volta das campanhas de promoção, que envolvem muitas horas seguidas a dar entrevistas e outras iniciativas.

"Ele vive na costa leste [dos EUA]. Isto é algo que nos exige um grande esforço para fazer. Portanto, o seu envolvimento foi mais voltado para a sua atuação", explicou Jon Favreau ao jornal USA Today.

"O Rei Leão" chega aos cinemas portugueses a 18 de julho.

VEJA O TRAILER.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.