Quando "Os Goonies" chegou às salas de cinema no verão de 1985, muitos desejaram fazer parte daquele grupo de jovens que embarcava numa espetacular caça ao tesouro ao longo de túneis, armadilhas e até um navio de piratas, sempre perseguidos por uma família de malfeitores.

Com Sean Astin, Corey Feldman, Josh Brolin,  Martha Plimpton e outros jovens atores, o filme realizado por Richard Donner, produzido por Steven Spielberg e escrito por Chris Columbus (que viria a ser o realizador dos dois primeiros "Harry Potter") ficou no coração de milhões de espectadores e claro que têm sido muitos os rumores de uma sequela.

Chris Columbus reconheceu que, apesar da vontade de todos em regressarem, tem sido muito complicado encontrar uma história que faça justiça ao legado do original, mas em abril de 2014 Richard Donner, o popular realizador também da saga "Arma Mortífera", disse mesmo que era oficial, a sequela ia mesmo ser feita e com todo o elenco original.

Desde então, não se ouviram mais desenvolvimentos de Hollywood, mas agora numa entrevista, Corey Feldman, o falador 'Mouth', avançou com duas razões muito válidas para a sequela provavelmente nunca acontecer.

"Richard Donner tem 87 anos. E na verdade, ninguém o quer fazer sem ele. Ele é a grande força por detrás do projeto. Ele diz que ainda está vivo. Mas como todos sabemos... quando se chega a essa idade, as coisas abrandam bastante. Existe uma grande possibilidade de que ele não querer continuar a liderar. Portanto, acho que sem ele, não acontece. E por cada dia que passa que ele não faz, existe cada vez menos hipótese de alguma vez vir a acontecer de todo".

De acordo com Feldman, existe outra razão, mais recente, que pode levar Donner, Spielberg e Columbus a querer pensar muito bem se vale a pena arriscar o legado: as reações muito negativas dos fãs de "Os Caça-Fantasmas", outro título nostálgico da década (1984), quando foi anunciado um novo filme protagonizado por atrizes, que chega aos cinemas já este mês.

"Podia ter repercussões muito negativas", explicou Feldman sobre a confirmação de uma sequela de "Os Goonies".

"No fim de contas, e já disse isto antes, a única forma de acontecer uma sequela de 'Os Gonnies', e desculpável para a base de fãs, é se for bem feita. E como é isso? Obviamente que não sei. Porque não sou Steven Spielberg, não sou Richard Donner, não sou Chris Columbus. Estes são os tipos que tomam esta decisão. Sei que são todos geniais. E peço nada mais do que o maior respeito e confiança para o seu processo e o que eles fazem. Se na altura quiserem a minha opinião, certamente que a darei com prazer", concluiu.

Recorde as estrelas de "Os Gonnies".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.