Embora
O Estranho Caso de Benjamin Button, de
David Fincher, pareça ser à partida o favorito para ganhar o troféu principal da noite, por reunir o maior número de nomeações (13 no total, apenas uma a menos que
«Eva» e
«O Senhor dos Anéis: O Regresso do Rei», recordistas dos Óscares nessa categoria e também vencedores do galardão principal), o filme tem uma pedra cada vez maior na sua corrida para a vitória: uma pequena fita rodada na Índia chamada
Quem Quer Ser Bilionário?.

Esta película de
Danny Boyle tem conquistado os corações de público e crítica de todo o mundo e está a arrebatar a maioria dos galardões principais (ao contrário da fita de Fincher que, embora sempre mais nomeada, sai de mãos a abanar de todas as competições).

Quem Quer Ser Bilionário? já ganhou troféus tão importantes como o Globo de Ouro para Melhor Filme (Drama) e Realizador, bem como o troféus equivalentes do Producers Guild of América. Deverá ser, portanto, entre estes dois filmes que a vitória se vai decidir.

Como em todos os anos, um dos cinco filmes nomeados ao troféu principal foi uma surpresa: este ano, o título de que ninguém estava à espera foi
O Leitor, que conseguiu bater
O Cavaleiro das Trevas na nomeação.

Como conseguiu também a nomeação de
Melhor Realizador e o tema da Segunda Guerra Mundial geralmente costuma ser do agrado da Academia, talvez a sua «performance» possa vir a ser uma surpresa.

Quanto a
Milk e a
Frost/Nixon, muito elogiados e nomeados mas cada vez mais a perderem gás na temporada de prémios para o furacão
Quem Quer Ser Bilionário?, as suas grandes hipóteses de vitória parecem estar na categoria de interpretação masculina, com o primeiro a colher a maioria das preferências graças ao trabalho de
Sean Penn.

Nomeados

O Estranho Caso de Benjamin Button

Frost/Nixon

Milk

O Leitor

Quem Quer Ser Bilionário?

E o vencedor é...

«
Quem Quer Ser Bilionário»

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.