Quando Paul Walker faleceu inesperadamente aos 40 anos durante a rodagem de "Velocidade Furiosa 7", a produção recorreu aos seus dois irmãos mais novos, Caleb e Cody Walker, para o substituírem nas cenas que ainda estavam por filmar, com a empresa de efeitos especiais WETA a recriar digitalmente o rosto do protagonista. Uma hábil reescrita do argumento permitiu que a personagem tivesse uma saída de cena muito elegante e o filme tornou-se um sucesso colossal, com mais de 1500 milhões de dólares de bilheteira.

Em entrevista à Associated Press, Caleb e Cody Walker reiteraram a expectativa de ver Brian O'Conner, a personagem interpretada pelo irmão, a regressar à série, que tem mais três filmes em pré-produção. Caleb confessou: "eu só espero que... tenhamos uma pequena participação e possamos trazer o Paul de volta para salvar o dia e que eu ajude a criar isso mais uma vez. Esse é o meu sonho e espero que consigamos fazer isso num dos futuros filmes".

Na opinião de Cody, "há potencialmente uma maneira de fazer isso. Mas exigiria muita reflexão e acho que teria de ser feito com bom gosto. Teria de ser feito com bom gosto. Ele era o produto genuíno, era realmente o tipo dos carros. E na ausência dele, acho que a série perdeu muito o rumo".

A saga"Velocidade Furiosa" tem agendados os seus capítulos IX e X para estrear, respetivamente, em abril de 2020 e abril de 2021, com este a ser apontado como o último filme da série.

Entretanto, já a 2 de agosto de 2019, está prevista a estreia do primeiro spin-of da saga, "Hobbs & Shaw", centrasdos nas personagens de Dwayne Johnson e Jason Statham e com Idris Elba como o vilão. O realizador é David Leitch, que assinou filmes como "John Wick", "Atomic Blonde" e "Deadpool 2".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.