Uma investigação imparcial não encontrou provas de maus-tratos ou abusos a animais durante a rodagem de "A Dog's Purpose".

O filme com Dennis Quaid, que se se vai chamar "Juntos Para Sempre" em Portugal e estreia a 6 de abril, conta a história de um cão dedicado que encontra o significado da sua própria existência através das vidas dos humanos com quem entra em contacto, mas a 21 de janeiro o site TMZ revelado um vídeo filmado às escondidas em novembro de 2015 que parecia mostrar um treinador a tentar empurrar à força um pastor alemão chamado Hércules para um tanque com águas agitadas, ficando este em dificuldades para se manter à superfície até ser recolhido.

"A investigação por uma respeitada entidade externa independente de crueldade animal em relação ao tratamento dos animais durante a rodagem de 'A Dog’s Purpose' concluiu que o vídeo dado ao site TMZ descaracterizou o que aconteceu na rodagem", anunciou a American Humane, salientado que este foi editado com o objetivo de enganar o público e criar indignação a partir de duas cenas filmadas em alturas diferentes.

A PETA, organização não governamental que se dedica à defesa dos direitos dos animais, chegou a apelar a um boicote "para mandar uma mensagem de que os cães e outros animais devem ser tratados com humanidade, não como adereços de cinema".

A estreia nos cinemas estava marcada para seis dias mais tarde, mas a polémica não afetou o filme, que fez mais de 18 milhões de dólares nos primeiros três dias de exibição.

Agora, a American Humane chega a colocar em causa a fonte que forneceu o vídeo ao TMZ: "As decisões feitas por um indivíduo ou indivíduos que filmaram e editaram deliberadamente as imagens e depois esperaram mais de 15 meses para lançar o vídeo manipulado, apenas dias antes da estreia, levanta questões sobre os seus motivos e éticas".

A declaração assinada pelo veterinário Kwane Stewart acrescenta que "as conclusões da investigação independente confirmam que nenhuns animais foram mal tratados nessas cenas e existiram várias medidas preventivas de segurança.  É lamentável que o público tenha sido enganado por uma controvérsia fabricada promovida por uma organização radical como a PETA com a missão de remover os animais dos filmes e de outras partes das nossas vidas. Somos os primeiros a abordar e lutar contra a crueldade animal e abusos e nenhuma dessas coisas aconteceu na rodagem de 'Juntos Para Sempre'".

Trailer.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.