Apesar de o incidente ter ocorrido já no passado mês de Agosto, no Novo México, a gravação áudio com os insultos de Bale, de 35 anos, só foi agora colocada num site americano especializado em celebridades.

No meio de uma cena, o director de fotografia, Shane Hurlbut, entra no set, provocando a ira do actor.

«Se tornares a fazer isso, não torno a entrar neste
set enquanto estiveres a trabalhar aqui!", grita Bale.

O actor continua, afirmando várias vezes que vai pedir a demissão de Hurlbut e ameaçando destruir o seu material de trabalho.

"Gostavas que desse cabo das tuas luzes? Queres que eu dê? Então por que vens dar cabo da minha cena?", pergunta, furioso.

No entanto, esta terça-feira, o assistente de direcção e produtor do filme Bruce Franklin saiu em defesa de
Christian Bale.

Numa entrevista ao canal de televisão
E! News, ele descreve o actor como «um excelente profissional».

«Se você estiver a trabalhar numa cena muito intensa e alguém o distrair... Esta era a cena mais emocional do filme e ele foi interrompido a meio quando estava intensamente mergulhado na personagem.”, afirmou. «Ele não se comporta assim o dia inteiro. Foi apenas um momento e depois passou".

«Terminator Salvation» dá continuidade à trilogia «Terminator», protagonizada pelo hoje governador da Califórnia Arnold Schwarzenegger.

SAPO/AFP

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.