Rachel Weisz vai ser a lenda do cinema Elizabeth Taylor num novo filme.

A vencedora do Óscar como secundária em 2005 por "O Fiel Jardineiro" e recentemente nomeada para as estatuetas pela aclamada interpretação em "A Favorita" será a estrela de "A Special Relationship" ["Um Relacionamento Especial", em tradução literal].

A história centrar-se-á não nos filmes da atriz, mas em como Elizabeth Taylor se tornou uma ativista através da sua amizade com Roger Wall, o seu assistente homossexual que cresceu na pobreza no conservador sul dos EUA.

"Realeza" de Hollywood, com dois Óscares, a atriz foi uma das primeiras e mais mediáticas celebridades na luta contra a epidemia da SIDA durante a fase de maior tabu, a da década de 80, não só através da angariação de fundos, mas também para erradicar o estigma que rodeava a doença.

O argumento é de Simon Beaufoy, também vencedor de um Óscar pela história de "Quem Quer ser Bilionário?", a partir de muitas horas de entrevistas com pessoas próximas de Taylor.

A fundação da atriz também está envolvida no projeto, que será realizado pela dupla feminina Bert & Bertie, que fechou este ano o festival de Sundance com "Troop Zero", a ser lançado pela Amazon em 2020.

Ainda não existe previsão de estreia para "A Special Relationship".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.