O argumento basear-se-á essencialmente no 11º volume da vintena de livros que o britânico
Patrick O’Brien escreveu sobre as aventuras marítimas do Capitão Jack Aubrey durante as guerras napoleónicas, e a sua amizade com o cirurgião de bordo Stephen Maturin.
«The Reverse of the Medal» é o título do livro a adaptar, que se segue àquele que foi nominalmente adaptado em 2003, «The Far Side of the World», embora, apesar do título,
«Master & Commander – O Lado Longínquo do Mundo», realizado por
Peter Weir em 2003, tenha retirado elementos de vários livros da saga.

Russell Crowe sublinhou à Associated Press durante um jogo de críquete que tem a intenção de protagonizar o filme, embora o projecto esteja muito no início e os direitos de adaptação do livro ainda não estejam garantidos. Também ainda não foi confirmado se a restante equipa regressaria às funções que teve no filme inicial, nomeadamente se
Peter Weir voltaria à realização e
Paul Bettany ao papel de Maturin.

Antes de estrear nas salas de todo o mundo, muito se falou de
«Master & Commander – O Lado Longínquo do Mundo»]«Master & Commander – O Lado Longínquo do Mundo»[/a] como o primeiro filme de uma série que se queria longa. Contudo, apesar do reconhecimento crítico e da nomeação ao Óscar de Melhor Filme, os resultados de bilheteira ditariam o fim desse projecto. O filme facturou 93 milhões de dólares nas bilheteiras norte-americanas, bem abaixo do seu orçamento de produção de 150 milhões de dólares, e
Peter Weir ainda não voltou em definitivo à cadeira de realizador.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.