Apesar de saber que ia fazer um filme sobre a Viúva Negra, Scarlett Johansson sentiu uma grande tristeza com o que aconteceu à personagem em "Vingadores: Endgame".

[AVISO DE SPOILER PARA QUEM NÃO VIU O FILME]

Num momento invulgar na história do cinema, a Viúva Negra vai ter direito a um muito aguardado e prometido filme só para si, mas só após ter morrido no Universo Cinematográfico Marvel.

A prequela "Viúva Negra" vai abrir a fase 4 da marvel em maio do próximo ano, mas isso não serviu de consolação quando foi necessário fazer a cena em que Natasha Romanoff e o Hawkeye (Jeremy Renner) têm de decidir qual deles se sacrifica para conseguir uma das joias do infinito.

"Achei que seria mais fácil e depois estava lá com Renner à beira do penhasco, e não foi fácil de todo", revelou a atriz ao Yahoo Entertainment.

"Foi muito, muito triste. Senti-me extremamente triste com aquilo. Simplesmente senti uma grande perda. Portanto, não, não tornou mais fácil. Sou bastante sentimental, portanto dizia 'Pessoal, isto é o fim!'. E eles reagiam com 'Vais ter o teu próprio filme, está tudo bem'. Mas eu ficava, 'Não é a mesma coisa'", recordou.

Ver a cena da morte em "Endgame" da personagem que interpretava desde "Homem de Ferro 2", há quase uma década, apenas reforçou a sensação: "É brutal. É brutal e triste, e é agridoce".

"Viúva Negra" andará à volta de eventos pós-"Capitão América: Guerra Civil", mas também do seu passado em Budapeste antes de se juntar aos Vingadores.

No elenco estarão Florence Pugh (como Yelena Belova, que mantém com Natasha uma relação volátil como uma espécie de irmã), David Harbour (Alexei/The Red Guardian), Rachel Weisz (Melina Vostokoff/Iron Maiden), e O.T. Fagbenle (Mason).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.