É um dos melhores filmes de Arnold Schwarzenegger da década de 90 e ajudou a relançar a carreira de Jamie Lee Curtis: "A Verdade da Mentira" está a festejar 25 anos.

O original "True Lies" chegou aos cinemas a 15 de julho de 1994 e, à falta da sequela que nunca avançou, os dois atores juntaram-se sorridentes numa nova fotografia partilhada pela atriz nas redes sociais acompanhada das "hashtags" dos nomes das suas personagens.

"Juntos outra vez pela primeira vez. Schwarzenegger, ainda me tiras o fôlego! Mais velhos, mais sábios, mas ainda nós. A aprender, a amar e a rir sempre", escreveu.

Na comédia de ação de James Cameron, Schwarzenegger era Harry Tasker, um agente especial envolvido nas mais mirabolantes operações de espionagem, mas para a sua mulher Helen, papel de Jamie Lee Curtis, ele era apenas um aborrecido vendedor de computadores.

Quando as duas vidas de Harry chocavam inesperadamente, os dois viam-se nas mãos de terroristas internacionais, tentanto salvar não só o casamento após as inesperadas revelações, mas as suas vidas.

Com uma memorável cena de striptease de Jamie Lee Curtis e rodeado de alguma controvérsia racista por causa da representação estereotipada de personagens árabes como terroristas, "A Verdade da Mentira ainda tinha no elenco Tom Arnold, Art Malik, Bill Paxton, Tia Carrere e Eliza Dushku.

No fim de outubro, Schwarzenegger vai reencontrar outra colega, mas no grande ecrã, com o regresso de Linda Hamilton como Sarah Connor em "Exterminador Implacável: Destino Sombrio", enquanto Jamie Lee Curtis continuará a batalha contra Michael Myers em mais dois filmes da saga "Halloween", previstos para chegar aos cinemas em 2020 e 2021.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.