Quentin Tarantino estará a pensar juntar o seu herói Django com Zorro num filme.

Em 2014, o realizador concretizou a ideia de "Django/Zorro", uma sequela em banda desenhada do seu filme "Django Libertado" (2012), que avançou com Matt Wagner (história) e Esteve Polls (ilustração).

Agora, segundo o Collider, terá contratado Jerrod Carmichael, comediante conhecido pela sua série "The Carmichael Show", para fazer a adaptação para um argumento de cinema.

Na nova história, a personagem interpretada por Jamie Foxx no filme, ainda a trabalhar como caçador de recompensas, encontra por um acaso do destino o envelhecido e sofisticado Diego de la Vega - o Zorro -, ficando fascinado por esta personalidade invulgar que também se desembaraça bem quando tem de aplicar a força física. Django acaba por aceitar tornar-se o seu "guarda-costas" numa missão para libertar indígenas da escravidão.

"Django Libertado" continua a ser o filme mais rentável da carreira de Tarantino, que recentemente anunciou que iria começar em breve a preparar uma nova "versão de realizador" com mais de três horas (a versão atual tem 165 minutos). Ganhou dois Óscares, para o argumento original do próprio Tarantino e Ator Secundário para Christoph Waltz.

O novo projeto "Django/Zorro" deverá ter Tarantino apenas como produtor: o argumento não é da sua autoria e há vários anos ele garantiu que se retiraria do cinema após fazer 10 filmes.

"Era uma Vez em... Hollywood", com Brad Pitt e Leonardo DiCaprio, que teve uma antestreia mundial triunfal no Festival de Cannes e chega aos cinemas portugueses a 8 de agosto, é o décimo.

VEJA O TRAILER DE "ERA UMA VEZ EM... HOLLYWOOD".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.