Um vídeo que se tornou viral nas últimas horas compara positivamente Donald Trump a Thanos, o vilão da Marvel nos recentes filmes "Vingadores".

Nem o ator Josh Brolin nem a Marvel reagiram ao aproveitamento político, mas quem não gostou nada foi Jim Starlin, que criou a personagem em 1973.

"Após a minha reação inicial de me sentir violado, vendo aquele tolo pomposo a usar a minha criação para acariciar o seu ego infantil, ocorreu-me finalmente que o líder do meu país e do mundo livre realmente gosta de se comparar a um genocida. Não é doentio? Estes são tempos tristes e estranhos que estamos a atravessar. Felizmente, todas as coisas, até os pesadelos nacionais, eventualmente chegam ao fim", reagiu o artista de banda desenhada em comunicado ao The Hollywood Reporter.

A acompanhar a mensagem de que "a reeleição do presidente Trump é inevitável" e "os democratas da Câmara dos Representantes podem empurrar a sua falsa destituição tudo o que quiserem", o vídeo da conta oficial da campanha de Donald Trump mostra o seu rosto imposto no de Josh Brolin como Thanos quando diz que é "inevitável", mesmo antes de ser derrotado pelos super-heróis em "Endgame".

A seguir surgem imagens da conferência de imprensa do "impeachment" por abuso de poder e obstrução do Congresso, com a líder da Câmara Nancy Pelosi e outros democratas a desfazerem-se em cinzas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.