A conta oficial da campanha de Donald Trump publicou um vídeo na terça-feira à noite em que compara o presidente dos EUA a Thanos, o vilão da Marvel nos recentes filmes "Vingadores".

Apesar da popularidade dos filmes, a natureza da personagem parece ter passado ao lado dos responsáveis da campanha: Thanos é um sádico genocida responsável pelo desaparecimento de 3,75 mil milhões de pessoas no final de "Guerra do Infinito".

No vídeo manipulado, o rosto de Trump é imposto no de Josh Brolin como Thanos quando diz que é "inevitável", mesmo antes de ser derrotado pelos super-heróis em "Endgame".

Na versão política, "A reeleição do presidente Trump é inevitável" e "os democratas da Câmara dos Representantes podem empurrar a sua falsa destituição tudo o que quiserem".

Regressando ao espírito da personagem, o vídeo corta para a conferência de imprensa do "impeachment" por abuso de poder e obstrução do Congresso, com a líder da Câmara Nancy Pelosi e outros democratas a desfazerem-se em cinzas.

Josh Brolin, um conhecido Democrata, e a Marvel ainda não reagiram ao aproveitamento político.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.