Andrew Lloyd Webber arrasou a adaptação ao cinema do seu musical de grande sucesso "Cats".

O compositor descreveu o filme do final do ano passado como "ridículo" e diz que a culpa foi do seu realizador, Tom Hooper, dando a entender que o seu envolvimento se ficou pela nova canção "Beautiful Ghosts" que escreveu com Taylor Swift.

"Cats" foi alvo de escárnio quase universal pela estética visual que transformou em felinos atores como Jennifer Hudson, Idris Elba, Judi Dench, Rebel Wilson, Ian McKellen, James Corden e Taylor Swift.

Acabou por se tornar um gigantesco "flop" de bilheteira e considerado o Pior Filme de 2019 pelos Golden Raspberry Awards, popularmente conhecidos como Razzies ou os "Óscares dos piores".

Nem os próprios atores disfarçaram, dizendo que não tinham visto o resultado (James Corden e Judi Dench) ou gozando abertamente nos Óscares (Corden e Rebel Wilson).

Já Taylor Swift disse que não estava arrependida de ter entrado "nesse filme esquisito".

"O problema como o filme foi que Tom Hooper decidiu, como tinha feito com 'Os Miseráveis', que não queria ninguém nele que esteve envolvido no espetáculo original. A coisa toda foi ridícula", partilhou Andrew Lloyd Webber numa entrevista ao jornal britânico Sunday Times.

O compositor também revelou que Steven Spielberg foi o primeiro a ficar com os direitos de adaptação do musical que ele estreou em Londres em 1981 e se tornou um sucesso planetário.

VEJA O TRAILER DE "CATS".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.