Carl Fredrickson é um velhote viúvo e rabugento que vê a sua casa ameaçada de demolição e a ida para um lar como um futuro inevitável. A solução: pegar numa infinidade de balões, atá-los ao seu lar e voar até ao local da América do Sul que sempre sonhou visitar com a falecida esposa. Só que até lá chegar Carl vai ter de suportar a companhia de Russell, um escuteiro gordinho e de bom coração, que estava no alpendre quando a casa levantou voo.

Esta é a premissa geral de
«Up – Altamente!» que, tal como tem sido várias vezes sublinhado pela imprensa internacional, tem muito mais no seu interior que aquilo que está à superfície, tal como os restante filmes da Pixar.

A película, que estreia hoje em Portugal, tem a particularidade de ser a primeira que a Pixar lança no novo formato de 3 Dimensões. Além disso, tem também a curiosidade de ter tido um português,
Afonso Salcedo, que falou directamente para o SAPO, como artista de iluminação.

Vídeos exclusivos SAPO

O português que trabalhou em «Up - Altamente!»

Entrevista ao realizador Pete Docter

Os mundos da Pixar

A história e as personagens

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.