"Velocidade Furiosa: Hobbs & Shaw" é o filme mais visto nas salas de cinema a nível mundial pela quarta semana.

O primeiro "spin-off" da saga é o único título de 2019 a conseguir ficar no topo tanto tempo: o feito fugiu a "Capitão Marvel", "Vingadores: Endgame" e "Homem-Aranha: Longe de Casa", que resistiram três semanas.

A liderança de 39 milhões de dólares teve a contribuição decisiva da China, com 27,9 milhões este fim de semana.

O novo filme concentra-se na aliança entre o polícia Luke Hobbs (Dwayne Johnson) e o criminoso reformado Deckard Shaw (Jason Statham), que causaram faíscas no sétimo e oitavo capítulos da saga.

Ainda que distante dos valores dos mais recentes títulos, que passaram a marca dos mil milhões de dólares, o balanço de "Velocidade Furiosa: Hobbs & Shaw" é de sucesso: arrecadou até agora 684 milhões a nível mundial e está em quarto lugar nas receitas globais entre os nove da saga.

No nosso país, onde não esteve nas salas de cinema da NOS, a maior exibidora nacional, foi visto por 244.681 espectadores até domingo, distante dos números de "Velocidade Furiosa 7" (832.800) e da sequela (788.426), bem como do quinto (446.355) e sexto filmes (426.765), mas quase a alcançar o quarto, "Velozes e Furiosos" (250.187).

Nos dados do ICA divulgados publicamente desde 2004, surge apenas à frente do terceiro filme, "Ligação Tóquio" (202.300).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.