É oficial: "Homens de Negro 4" vai mesmo ser uma realidade e Will Smith dificilmente estará envolvido, pelo menos como protagonista.

Nem nesse nem nos dois filmes seguintes que vão compor uma nova trilogia baseada nos "comics" de 1990 sobre dois funcionários de uma agência secreta governamental que acompanha os extraterrestres residentes na Terra.

A novidade foi dada pelos produtores da saga original Walter Parkes e Laurie MacDonald numa entrevista ao The Hollywood Reporter: "Estamos no meio [do processo de preparaçã0]. Está bastante ativo".

O primeiro filme estreou no verão de 1997 e consolidou os estatutos de Will Smith e Tommy Lee Jones como grandes estrelas de cinema. De facto, o seu sucesso foi tão grande que apenas foi ultrapassado por "Titanic" no balanço desse ano.

O mesmo não se pode dizer do segundo filme, estreado em 2002, visto tanto por público como pela crítica como uma reciclagem do original.

Só dez anos mais tarde chegou "Homens de Negro 3", onde Jones tinha um papel muito mais pequeno uma vez que a história envolvia Smith viajar no tempo para trabalhar com uma versão mais jovem da sua personagem, interpretada por Josh Brolin.

Embora este filme de 2012 tenha rendido menos do que os anteriores nos EUA, acabou por ser o mais rentável da saga graças ao mercado internacional.

A ausência de Will Smith não deve constituir uma surpresa: já no ano passado, recusara "Independence Day: Resurgence", a sequela do filme mais rentável da sua carreira.

Em várias entrevistas recentes, a estrela afirmou que após o fracasso de "Depois da Terra", o "filme-maldito" de 2013 realizado por M. Night Shyamalan onde contracenava com o filho Jaden, refletiu e perdeu o interesse em fazer filmes que essencialmente tivessem como fim gerar grandes receitas nas bilheteiras e sequelas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.