Vai chegar ao cinema a vida da cantora Marianne Faithfull, a figura muito popular na cena musical londrina dos anos 1960 e 1970.

Agora com 72 anos, não falta material para um filme na história do ícone da "Swinging London", desde o sucesso e fama aos 17 anos, até à vida com Mick Jagger, nos tempos conturbados dos Rolling Stones, envolvendo escândalos, drogas, toxicodependência, a vida na rua e o renascimento, prémios e reconhecimento artístico.

Segundo o Deadline, Lucy Boynton está em negociações não só para ser Marianne Faithfull, mas também produtora executiva do projeto que tem em vista começar a rodagem já no verão de 2020.

Em ascensão na indústria, a atriz americana de 25 anos, foi Mary Austin, o amor da vida de Freddie Mercury, interpretado por Rami Malek, no sucesso vencedor de quatro Óscares "Bohemian Rhapsody".

A relação passou para a vida real pois os atores são namorados.

Lucy Boynton também entrou em "Sing Street" e na nova versão de "Um Crime no Expresso do Oriente", bem como na nova e mediática série da Netflix de Ryan Murphy "The Politician".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.