Em declarações à Angop, no quadro dos preparativos do Entrudo/2019, o professor afirmou que através do Carnaval, as mensagens que são passadas nas canções e danças devem promover o equilíbrio no comportamento diário do homem.

Sublinhou que o Entrudo constitui um símbolo de manifestação da identidade cultural do povo angolano, servindo ainda para a divulgação da dança tradicional, dos instrumentos musicais, hábitos e costumes valorizando cada vez mais a identidade do povo Tchokwe.

Informou que é importante que a sociedade e a juventude valorizem mais a cultura angolana, realçando que cada cidadão angolano deve contribuir na valorização, divulgação e preservação dos traços identitários de cada região.

Apelou aos músicos a ajudar os grupos carnavalescos na composição de canções, para que possam apresentar a criatividade no acto provincial do Entrudo, que decorrerá a 05 de Março.

Em 2018 o grupo carnavalesco Utchockwe Mu Tchota do município de Saurimo, venceu o Entrudo

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.