Na oportunidade, os responsáveis dos cinco grupos do Kilamba Kiaxi que desfilarão domingo, para a classe B, apresentaram as suas preocupações relacionadas apoio que carecem, já que o que têm recebido da Comissão provincial do Carnaval de Luanda não é suficiente.

Filomena de Jesus prometeu recorrer a entidades e organismos no sentido de ajudar aos grupos para sair da situação em que se encontram.

“Eles precisam do nosso apoio, porque elevam o nome do distrito no desfile do carnaval e quando ganham tornam-se orgulho para todos os munícipes, só que também não temos dinheiro e vamos tentar arranjar por outras fontes”, enfatizou   

Participaram do encontro os chefes dos grupos carnavalescos “União Angola Independente”, “União 17 de Setembro”, “União Café de Angola”, “União Comandante Kuenha” e “Unidos do Kilamba Kiaxi.

Entretanto, o chefe de secção local da cultura, João Francisco Filho, apontou a falta de apoio aos grupos carnavalescos locais como estando na base do fraco desempenho desses grupos nos desfiles do Entrudo.

No ano passado, só tivemos um grupo no desfile da classe B, que foi o grupo “União 17 de Setembro”, enquanto os outros cinco existentes no distrito não desfilaram por falta de apoios concernentes a indumentárias e outros”, sublinhou.  

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.