O evento orientado pelo director de repartição dos assuntos sociais no Lobito, Alberto Gongo, visou incentivar os presentes sobre a importância do resgate dos valores morais e cívicos dentro do novo modelo do carnaval, cuja pretensão é recordar o antigamente e assistir-se um bom entrudo.

Os participantes abordaram ainda sobre a cidadania, os deveres e direitos do cidadão, o respeito dos símbolos nacionais, a higiéne do recinto, a prontidão da Polícia Nacional, bem como os conceitos de apresentação das danças, o consumo de álcool no local da festa e o conflito entre munícipes.

De acordo com o prelector do encontro, a Policia Nacional vai garantir a ordem  e tranquilidade no local do entrudo, visando desfrutar de ambiente saudável.

Já o coordenador do carnaval no município do Lobito, Viriato dos Santos, louvou a iniciativa da direcção municipal dos assuntos sociais em promover o evento que deu para contribuir na mudança de actos comportamentais dos cidadãos durante e depois do carnaval.

O Lobito que não se fará representar no acto provincial do Carnaval 2015 que decorrerá no município do Cubal, vai realizar o seu acto municipal que contará com o desfile de 10 grupos infantis e oito adultos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.