Falando à imprensa no final de uma visita de constatação da preparação dos grupos carnavalescos do município de Viana, respectivamente, Juventude Unida do Kapalanca e União Njinga Mbandi, a ministra avançou que os jovens devem buscar mais a história, a cultura das diversas regiões do país, através da literatura, dos contos, do teatro, do carnaval, entre outras manifestações culturais.

De acordo com a governante, que se manifestou satisfeita com o facto de ter encontrado nos grupos já visitados muitos jovens, deve-se também ir buscar na oralidade e na sabedoria dos anciões para a perpetuação, preservação e divulgação do que torna os angolanos diferentes de outros povos.

"Devem ir buscar a diversidade para melhor representarem, apresentarem e defenderem a nossa identidade. Temos uma história cultural que deve e merece ser divulgada cada vez mais e os jovens têm esta responsabilidade", disse.

No âmbito do programa do Carnaval 2015, a ministra, acompanha da vice-governadora de Luanda, Jovelina Imperial, visita nesta terça-feira os grupos do Distrito Urbano do Rangel.

O desfile dos grupos carnavalescos está marcado para os dias 14, 15 e 17 na Nova Marginal.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.