Segundo um comunicado chegado à Angop, a medida visa defender a criatividade e a qualidade artístico-cultural do Carnaval.

“O Carnaval é festa, folia é arte nas suas mais variadas vertentes e não deve ser para exibição de animais, motociclos e veículos não alegóricos”, refere a nota.

De um tempo a esta parte, diz o comunicado, se tem observado que determinados grupos e blocos de animação carnavalesca e outros foliões desfilam no Carnaval, exibindo animais, motorizadas, viaturas e outros meios que não constam do histórico de participação apresentado no acto de inscrição e que nada têm haver com o Carnaval.

Sendo o Carnaval uma das maiores manifestações culturais do povo angolano, em que durante 3 dias os foliões dançam, brincam  com alegria e cor, condenamos o uso de  coisas alheias ao festival, lê-se.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.