A governante advogou este princípio quando falava à imprensa no final da visita efectuada à instalações onde ensaia o grupo carnavalesco infantil “Os admiradores da Cazucuta do Hoji ya Henda”, no município do Cazenga, em Luanda.

Observou que os grupos carnavalescos ainda não alcançaram o grau de maturação desejado, por trabalharem em casas particulares, tendo exortado as administrações municipais no sentido de concederem-lhes o apoio necessário para participarem condignamente nos desfiles centrais.

Apesar disso, Rosa Cruz e Silva expressou a sua satisfação com a exibição do grupo carnavalesco composto por crianças, que efectuou um ensaio no marco histórico “4 de Fevereiro” do Cazenga, com vista a sua participação no desfile central referente a edição 2015, a realizar-se na Avenida Marginal.

Lembrou que o carnaval deste ano está inserido nas comemorações dos 40 anos da independência nacional, a assinalar no dia 11 de Novembro, dai que todo o empenho e dedicação dos bailarinos devem ser feitos na perspectiva de uma ampla festa popular.

Saliente-se que o grupo carnavalesco de adultos do município do Cazenga, o União Tonessa, será homenageado este ano pela direcção da Cultura, devido a sua participação ininterrupta no Entrudo há mais de 30 anos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.