Falando à Angop sobre a preparação do evento, David Buba adiantou que a participação do empresariado vai potenciar as estruturas locais  de meios para uma representação condigna.

David Buba apontou a necessidade de uma participação mais activa quer dos empresários como das pessoas singulares para que o evento decorra a dimensão desejada.

Sem avançar valores, disse que o Governo Provincial já trabalha na elaboração de  um orçamento para suportar as despesas relacionadas com a organização do Carnaval nos 10 municípios  e a premiação dos grupos vencedores dos desfiles municipais e provincial.

Afirmou que alguns grupos que participam com regularidade em todas edições do Entrudo beneficiaram já de algum apoio da Comissão Nacional do Carnaval, consubstanciado em indumentárias e outros adornos.

Salientou que  100 grupos carnavalescos poderão inscreveram-se nos 10 municípios para participarem nos desfiles municipais de apuramento de dois grupos para o desfile provincial.  

David Buba informou que  11 grupos  da classe de adultos têm garantido o acesso directo  ao desfile provincial, sem passar pela triagem das competições municipais, por participarem regularmente em todas edições do Entrudo.

Entre os integrantes desta  categoria constam os grupos Jovens Unidos do Lucala, Kudissanga Kwa Makamba e União Chá de Kaxinde, respectivamente 1º, 2º e 3º classificados da edição anterior do Carnaval.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.