Ao som do DJ Lua, Nelasta e Leo, os foliões uniram-se para festejar o carnaval.

As máscaras eram variadas, havia cardeais, imperatrizes do império romano, médicos, rainhas de bateria, bombeiros, faraós, mas independentemente da fantasia o à vontade e alegria do público foi o que se fez sentir.

 

Além da música, o bar aberto e o barbecue livre caíram nas boas graças dos presentes, e serviu de “combustível” para aguentar a noitada.

A noite mais carnavalesca do ano recebeu a chuva como convidado não anunciado, mas nem isso impediu que a animação do público se mantivesse viva até o sol raiar.

O espaço do Miami Beach, mesmo sem estar abarrotado, provou que a qualidade não está na quantidade mas sim no desejo de marcar a qualidade demonstrada em festas anteriores.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.