O facto foi anunciado à Angop, na cidade do Lubango, pelo chefe de Massificação Cultural na província, Pedro Mussunda, tendo referido que as inovações visam melhorar a qualidade do carnaval e tornar a festa mais atractiva na região.

Apelou aos coreógrafos dos grupos no sentido de trabalharem melhor nos detalhes da dança para que se tenha um carnaval mais competitivo, harmonioso, disciplinado e organizado. Lamentou, por outro lado, o facto de alguns cidadãos comparecerem nos desfiles quase despidos ou com indumentárias diferentes da cultura do país, imitando hábitos e costumes de outros povos.

"No carnaval, devemos valorizar sempre a nossa tradição, assim como dar primazia aos traços culturais do povo angolano e não tentar imitar hábitos de outros países", asseverou.

Sobre as inscrições, a decorrerem desde o princípio deste ano, Pedro Mussunda disse que as mesmas encerram dia 31 do corrente mês. O grupo carnavalesco “Ouro Negro da Tundavala” é o detentor do título da edição de 2014 na classe de adultos, enquanto na categoria infantil é detentor do troféu o grupo "Muila" da escola 1º de Dezembro”, ambos do município do Lubango.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.