Falando hoje, terça-feira, à Angop, o seu coordenador,  Izequiel Hichica, avançou que estão  destacados 10 médicos e 30 enfermeiros prontos para responderem as solicitações.

O também médico informou que os pacientes em estado grave poderão ser evacuados para os hospitais do Prenda, Josina Machel, Américo Boavida ou para a Maternidade Lucrécia Paim.
Avançou que estão adaptadas   medidas para que em caso de alguma emergência o transporte de doentes  seja célere e seguro.
  
Como medida de prevenção, aconselhou a população a ter cuidado no consumo de bebidas alcoólicas.
   
Quanto aos integrantes dos grupos carnavalescos  apelou a organização destes a prepararem uma alimentação adequado e um lanche e água, pelo factos de alguns deles chegarem horas antes do inicio dos desfile e estarem expostos ao sol e calor.  
  
Criado em Julho de 2009, o INEM está vocacionado para assegurar operações de salvamento e prestar especiais de cuidados e apoios a necessitados na via pública.
   
Tem ainda como finalidade assegurar a elaboração de planos de emergência em caso de catástrofes, em colaboração com as direcções provinciais da Saúde, Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros e Cruz Vermelha de Angola (CVA).
   
Para atender as emergências, o INEM tem à disposição o terminal telefónico 116, através do qual faz o atendimento, triagem e aconselhamento aos cidadãos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.