De acordo com o entrevistado, os ensaios têm sido feitos no horário entre às 18 e às 22, com mais de 200 foliões, dos cerca dos 300 que dançarão na Nova Marginal de Luanda, para além do seu grupo de apoio.  

Disse que grande parte das roupas e acessórios dos dançarinos foram já feitos e outros continuam a ser confeccionados.

Manuel António deu a conhecer que nesta edição terão como tema na língua nacional Kimbundu “Twasanguluka”, que significa (estamos satisfeitos), em alusão as benfeitorias registadas em todos os sectores a nível do país, como o surgimento de centralidades, melhorias no sistema de transportes e circulação, entre outros.  

O grupo vai exibir a dança Kazucuta que já lhes é peculiar desde os primórdios da sua existência, com o amarelo, azul e o branco a representá-los

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.